O protesto extrajudicial pode beneficiar o credor, principalmente pequenos e médios empreendedores. Isso porque a postergação dos emolumentos impulsiona a recuperação de crédito para fomentar a economia.

Essa medida é aprovada pelos tabeliães, os quais enfatizam que ela facilita o acesso aos seus serviços, sendo importante ajuda para o empresariado.