É de conhecimento comum que, há muito, o judiciário brasileiro está abarrotado de processos, o que torna demasiado lenta sua resposta às demandas. Essa morosidade e falta de efetividade, muitas vezes, resulta em sucesso somente após anos de processo.

A dor de cabeça causada tanto pela inadimplência quanto pela demora de respostas pelos meios judiciais pode ser evitada com um uma mudança na cultura social de cobrança de dívidas: basta usar o protesto extrajudicial, reconhecido como excelente alternativa às demandas que o judiciário brasileiro não abarca de forma célere.

Crescente alternativa

O protesto é produto da evolução econômica, social e jurídica para atender às necessidades sociais, econômicas e jurídicas, especialmente à de satisfação rápida de crédito diante de uma crescente cultura de inadimplência.

Por esse motivo, têm sido crescentes os esforços em buscar formas alternativas de resolução de conflitos. Seguindo esta tendência, o protesto tem, atualmente, sido considerado um instrumento extrajudicial de cobrança e um importante meio de recuperação de crédito, desafogando o Poder Judiciário e permitindo que este se libere para julgar outras lides que realmente merecem sua atenção e que são prejudicadas pela superlotação de ações.

Além disso, essa via extrajudicial de cobrança é muito eficiente na recuperação do crédito, pois, funcionando como um meio de coação, pressiona os devedores a pagarem suas dívidas, já que com nome protestado ele fica extremamente limitado para realizar operações financeiras em bancos, sofre restrições para tomada de empréstimos, financiamentos, capital de giro, emissão de cheques e outras operações.

Índices

O protesto possui alto índice de recuperação de crédito. Das dívidas encaminhadas aos cartórios em Minas Gerais, 65% são pagas em apenas 3 dias úteis. Se for considerado um prazo maior, até dois anos, a recuperação chega a mais de 80%.

A função econômica do protesto extrajudicial é evidente, já que, por ser um meio rápido e eficaz de recuperação de crédito, contribui para a criação de um quadro de confiança e de segurança, características que qualquer mercado precisa para prosperar.

Mais informações: protestomg.com.br | (31) 2519-0500 | contato@protestomg.com.br

Fonte: Instituto de Protesto – MG.